A Existência
2016-04-14 20:44:16
2010-07-18 12:40:15
Autor: Sony Santos
http://gigawiki.com/sony/a-existencia
Permalink: http://gigawiki.com/833
área = filosofia; assunto = metafísica, ontologia; categ = artigos, list; palavras-chave = dimensões, Nada, Trindade
Não há contradição no Nada Absoluto. Poderia haver o Nada. Aliás, deveria haver o Nada.

A maior questão existencial de todas é: Por que alguma coisa existe em vez de não existir? (Seja essa coisa Deus, o Universo, ou o que quer que você considere como o Criador Maior, o Princípio de Tudo.)

Muito bem, temos o Nada.

No Nada, uma Coisa só pode existir se, junto, houver uma Anticoisa equivalente em sentido inverso, cujo total redunde em Nada.

Em uma dimensão isso é fácil de visualizar. Temos o Zero. No entanto, alguém poderia dizer que existe uma Coisa chamada 2. Mas o 2 só pode existir em coexistência com o -2, sua Anticoisa. A existência total é Zero. O 2 e o -2 estão dentro da mesma Grande Bolha de Nada. É como se nada existisse. E realmente não existe.

O problema das Anticoisas é que são perfeitamente simétricas às suas Coisas, de modo que fica difícil distinguir o que é a Coisa e o que é a Anticoisa.

Mas não vamos parar em uma dimensão.

Em duas dimensões, temos um número infinito de Coisas diferentes que podem existir sem haver uma Anticoisa específica, mas que, juntas, se resumem a Nada.

Por exemplo, poderia haver uma Coisa (0,2), uma Coisa (1, -1) e uma Coisa (-1, -1). Juntas, somam (0,0) (estamos em duas dimensões). São 3 Coisas diferentes, sem Anticoisas (não há um (0,-2), (-1, 1) nem (1,1)), mas que só podem se anular juntas, e portanto só podem existir juntas. Temos uma Trindade. Uma Trindade que em si mesma é a Existência e o Nada, o Princípio e o Fim.

Isso foi só um exemplo. O Mundo pode ser bem mais complexo do que isso. Poderia haver 5 ou 8 Coisas, embora 3 seja a quantidade mais simples sem precisar de Anticoisas. Além disso, não há limites para o número de dimensões em que o Nada pode se desdobrar. Mas o que importa é que temos Coisas que podem existir sem que precise haver Anticoisas. Temos a Existência a partir do Nada, sem Antiexistência, sem Antissony em algum lugar escrevendo isto da direita para a esquerda. Temos uma explicação.

A Pergunta: Por que existe algo em vez de Nada?

A Resposta: Existe o Nada. É um nada formado por partes internas que se anulam mutuamente. Do lado de dentro do Nada, onde nós estamos, essas partes, de que somos feitos, parecem existir.
blog comments powered by Disqus
Login:
Senha:
Para logar, você precisa ter o Javascript habilitado.